A Seção Sul-Americana

Breve história da IOT na América do Sul e Brasil

A história da IOT Sul-Americana se confunde com a minha própria e começa no inicio da década de 90. Cansado de pertencer a diversas ordens esotéricas e seus problemas de convívio, estava quase convicto que um trabalho de grupo esotérico seria inviável, entretanto, mantinha contato via carta com um ocultista de tradição Haitiana e contatos via fax com a IOT Setor Norte-Americano, devido a um grande interesse pelas obras de Austin Osman Spare.
Lentamente este contato veio se estreitando, até acontecer a iniciação  ao 4ºIOT,  por volta de 1996, quando viajei para Los Angeles  para fazer contato pela primeira vez com membros da IOT.

Lembro que naquela ocasião um fato singular aconteceu: após horas de vôo, estava um pouco apreensivo de conhecer pessoas com quem somente tinha tido contato por fax e pouquíssimos telefonemas, começamos a sobrevoar a cidade, e apesar de ser noite, a cidade cintilava abaixo numa claridade como nunca tinha visto, então o piloto declara que havia uma imensa névoa na cidade e que estávamos aguardando a liberação do controle de tráfego local, pois existia uma possibilidade de mudança para aeroporto alternativo. Confesso que fiquei deveras preocupado com tal situação, por não conhecer as pessoas que estariam me esperando, e existir a possibilidade de mudança do vôo para outro local não marcado, além de parecer uma situação de pane, pois definitivamente não havia nenhum sinal de nevoeiro, estava tudo muitíssimo claro, quando, de repente, recebemos autorização para pouso e para minha surpresa apenas o aeroporto estava envolto em um fog de impressionante densidade.

Depois disto, ao desembarcar, conheci os dois Frateres que me esperavam e rimos muito ao comentar que às vezes aquele fenômeno meteorológico ocorria naquele aeroporto e que outros membros já estariam avisados caso o vôo tivesse ido para  São Francisco. Mais tarde descobri que um dos Frateres era representante da IOT nos EUA, e o outro do Reino Unido, que estava nos Estados Unidos para uma sessão de palestras.
Fiquei aproximadamente 50 dias com eles. Viajamos Para Seatle WA, onde fui iniciado ao 3º IOT junto com outros membros.
No ano seguinte fui convidado para o 11°  encontro mundial do Pacto em Berlim, quando recebi o 2º IOT, passando a ser o Section Head para a Seção Sul-Americana, o que desvinculou qualquer subordinação em relação à  Seção Americana,  e deu origem à Seção Brasileira (Sul-América) independente. A partir deste momento passei a participar da maioria dos encontros mundiais na Europa .

Um ano depois seria iniciado o primeiro membro ao 3º IOT no Brasil, uma Soror que atualmente vive no Canadá, mas continua  conosco ativamente.
Posteriormente em 2004 na Inglaterra recebi o 1º IOT, momento importantíssimo para história da IOT, pois a América do Sul passou a ter entre seus membros um dos 6 representantes do Concílio dos Magos, que coordena o  Pacto internacionalmente. Com certeza um marco também no cenário ocultista brasileiro e sul-americano.
Sejam bem-vindos à IOT Sul-América e Brasileira!

Fraternalmente
G.